5 de set de 2010

Lembranças, divagações e emoções



Um professor um dia me disse que “se você vai começar qualquer coisa na vida, comece algo por que você tenha tesão.”
Vejamos; tive que abrir mão de uma paixão. Não é paixão que vocês estão pensando, é paixão por motos. O que ficou de lembranças? Momentos como: quando eu aprendi a pilotar. A primeira queda. O loop fenomenal. Mas chegar no sétimo acidente de moto é pedir pra massacrar os anjos da guarda. Existem outras lembranças que vão marcar mesmo essa paixão, se encontram aqui mesmo no meu corpo. Agora, estou de castigo (repouso) até me recuperar. Ahahaha. A Valéria está rindo até agora disso, não é Valeria?

Essa parte vai para o recôndito (escondido) e secreto do meu coração.

Chegou um determinado momento em minha vida que, o que eu venha a fazer será insignificante para os outros. Mas é muito importante que eu faça...Porque, ninguém mais vai fazer. É como alguém que quando entra na sua vida, e metade de você diz: “- Você ainda não está preparado!” Mas a outra metade diz: “- FAÇA ELA SER SUA PRA SEMPRE!”

Um dia me perguntaram o que eu diria se você pudesse ouvir meu coração? Você saberia a resposta. EU TE AMO! 

Meu Deus que saudade! Eu te perdôo.

Obs: Esse post não acompanhou um vídeo e nem música. Dessa vez deixei apenas a melodia do meu coração com a alma. 

P.S: Não adianta mentir pro meu coração. Ele sabe...Só ele sabe.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments