16 de ago de 2010

Ela foi o único amor que eu havia conhecido



Ela olha em meus olhos e eu estou vivo outra vez
E quando diz adeus, eu morro outra vez
mas debaixo da neblina
Uma coisa ainda permanece igual

Ela foi o único amor que eu havia conhecido
E agora ela se foi
Ela foi a luz que me trouxe de volta à extremidade
Irei eu amar de novo?
Sempe aposto quem é que vai tomar iniciativa de chamar para ir ao cinema. Gosto de pensar que amanhã é um novo dia e vou te ver por ai. Eu gosto de deixar você sentir aquele medinho de ter deixado você passar por mim sem sequer dizer um oi. Pensando: Calma, fica calmo. Ta chegando o dia em que vou levá-la para andar de bicicleta. Só ai eu vou saber que ela era quem eu esperava o tempo inteiro.
Ela viveu em minha vida e meu mundo era calmo
Ela alcançou em minha alma e todas minhas dúvidas foram eliminadas
mas nada pode apagar uma coisa que continua a mesma

Ela foi o único amor que eu havia conhecido
E agora ela se foi

Quero o agora comigo e com você. Só isso. Não quero pensar se é certo ou errado, se é bom ou ruim, se é feio ou bonito, se é louco ou são, se é difícil ou fácil, se é passageiro ou eterno. Nada disso me interessa em relação a nós dois. É nessas horas que o seu lindo nariz empina, e sua boca faz aquele jeito e trejeito que eu adoro.  As expectativas, as ideias, os porquês e a opinião alheia, é só mais uma. E pra mim isso jamais vai contar.

Então apenas me diga o que eu devo fazer
Eu deixei tudo por você
E eu mal posso respirar
Porque eu sei que eu perdi você do meu mundo
Do meu...
Ela foi o único amor que eu havia conhecido
E agora ela se foi

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments