1 de ago de 2012

Orgasmos

Ontem foi o dia do ORGASMO. 
E você, qual foi a ultima vez que proporcionou orgasmo a sua amada? 
As mulheres ainda têm tabu em querer se abrir para sentir essa estranha e misteriosa sensação...

"Peça para o parceiro prolongar as preliminares. Não tenha vergonha de pedir para ele tocar nos pontos mais excitantes do seu corpo.

Descubra se ele desejaria fazer sexo oral em você. Quando há intimidade entre o casal, peça para ele fazê-lo e aproveite o máximo se concentrando na sensação que ele está proporcionando à você. 

Se mudar de posição não a agrada e a deixa tensa, avise ao parceiro antes mesmo de iniciar o ato, ou na hora mesmo, como queira. Há muitas mulheres que não conseguem chegar ao orgasmo porque o parceiro adora fazer acrobacias.

Faça sexo pela manhã, ao acordar. Quanto mais relaxada, mais fácil de chegar ao prazer máximo. No mesmo sentido, faça sexo após o banho ou depois de uma seção de massagem.
Fuja da rotina, surpreenda, experimente.

Lembre-se que sexo é parceria, cumplicidade e troca. Na cama, não existe essa de adivinhar, ou seja, ajudar o parceiro com uma dica aqui e outra ali vai trazer muito mais prazer à relação." (fonte aqui)
Bora rapazes, se esforcem ao máximo para fornecer o melhor prazer do mundo para suas respectivas parceiras.
E vocês mulheres, façam como a música do seu Chico Buarque. Crave os dentes e NHAC!



CHICO BUARQUE - O MEU AMOR
O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
E que me deixa louca
Quando me beija a boca
A minha pele inteira fica arrepiada
E me beija com calma e fundo
Até minh'alma se sentir beijada, ai

O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
Que rouba os meus sentidos
Viola os meus ouvidos
Com tantos segredos lindos e indecentes
Depois brinca comigo
Ri do meu umbigo
E me crava os dentes, ai

Eu sou sua menina, viu?
E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha
Do bem que ele me faz

O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
De me deixar maluca
Quando me roça a nuca
E quase me machuca com a barba malfeita
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
Quando ele se deita, ai

O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
De me fazer rodeios
De me beijar os seios
Me beijar o ventre
E me deixar em brasa
Desfruta do meu corpo
Como se o meu corpo fosse a sua casa, ai

Eu sou sua menina, viu?
E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha
Do bem que ele me faz

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments