12 de dez de 2010

Debaixo dos caracóis...



Calma, isso não tem nada a ver com a música do Roberto Carlos. A questão é, minha namorada quase enlouqueceu quando viu no jardim algumas lesminhas. Ela tem nojo, ódio e tudo mais que vocês imaginarem.
Esse post será relatado da forma mais simples possível, para qualquer leigo saber combater as pragas de lesmas e caracóis.

“Qual a diferença entre lesma, caramujo e caracol?

por Yuri Vasconcelos
“Os três são moluscos, da classe dos gastrópodes. A principal diferença entre a lesma e os outros dois é que ela não tem uma concha externa – ou tem uma concha muito pequena. Já caracol e caramujo são sinônimos em várias regiões do Brasil, mas, na linguagem popular, caracol geralmente se refere aos gastrópodes terrestres, e caramujo, aos aquáticos. Já as lesmas podem viver tanto na terra como no mar. Juntos, esses três bichinhos somam cerca de 75 mil espécies. Além de numerosos, eles são antigos moradores da Terra: existem registros fósseis de gastrópodes de cerca de 500 milhões de anos atrás. Há entre 30 e 40 famílias de lesmas, contra 400 de caramujos e caracóis, de acordo com o biólogo Luiz Ricardo Simone, do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, autor do livro Land and Freshwater Molluscs of Brazil (“Moluscos Terrestres e de Água Doce do Brasil”). Você pode não gostar da gosma que eles deixam, mas sem eles, podem ocorrer desequilíbrios ambientais.”



Eninha quando vê esses moluscos, só falta surtar. Ela nem saí de casa e não deixa a nossa Bela (nossa cadelinha) ir brincar lá fora. Eu vi, e sei como a minha namorada fica em pânico com essas coisas melequentas.
Bem, tem inúmeras receitas naturais para combater e controlar essas pragas. E principalmente nos casos de se ter animais e crianças e por perto, sempre bom usar de armadilhas e iscas naturais.
Vamos começar com umas armadilhas fáceis e bem descomplicadas.  Sabem aqueles sacos em estopa? Esse da foto é um exemplo. 



Molhar os sacos com cerveja ou leite(atrativos pra lesmas e caracóis) como percebemos essas pragas alem de serem pragas, são alcoólatras. 

Ahahahah. Voltando ao combate...Largar onde se encontra a infestação das lesmas, perto das plantas, e também próximas as cercas vivas. De preferência faça isso à noite, e ao amanhecer, recolha as estopas, elas estarão embaixo dos sacos/panos (com certeza vão perguntar se outro tipo de pano serve? Se for pano de chão ou aninhagem também serve). Destrua da forma manual em água fervente.


Outro método consiste em pegar potes de margarina ou de azeite, fazer um buraco e encaixar esse pote, deixando rente ao chão, nivelado. Coloque dentro um pouco de cerveja misturada com sal. Ou sem sal se preferir.
Quem quer evitar as visitas indesejáveis dessas praguinhas nojentas como diz minha namorada. Tem tambem as tiras de cobre, tem em qualquer casa ou loja de jardinagem. É uma barreira totalmente eficaz. E porque? Essas pragas cachaceiras, odeiam passear pelo cobre e receber descarga elétrica, devido ao seu corpo viscoso. A barreira é assim: Tem que enterrar uma tira larga (10 cm) de cobre até uma profundidade de 2,5 cm na terra e dobre/ envergar o topo para fora para criar uma curvatura. 

Obs: Evitar acúmulos de tijolos, entulho e tábuas. Pois são os esconderijos prediletos dos caramujos, tatuzinhos durante o dia. Elimine-os!


“Rindo da cara delas (lesmas) ah,ah,ah, meu namorado é agrônomo, suas idiotas! Ahahaha” (namorada falando pra elas)”


P.S: ai mô, sei que odeia esses bichos, mas não resisti. ahahahah


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments