30 de jul de 2010

Eu, Chico Bento e o celular

 

Pode parecer engraçado, mas seria essa combinação que uma amiga (Patty) fez.
Quando contei a Jackie ela deu tanta risada que ficou com dor na barriga. Ela disse :
Jackie Freitas:
ahahahahaha. me deu dor de barriga aqui
(16:40) Diego Jr.:
mas num entendi
(16:40) Jackie Freitas:
pq não consigo associar vc com o Chico Bento
(16:40) Diego Jr.:
mas deveria,eu adoro camisas xadrez.
Quando liguei pra Jackie, ela disse que eu tenho um vozerão. Acho que a Eninha também. Só não lembro quem falou que minha voz é de moleque. Mas a Patty me confundiu com um jacu do mato (próprio Chico Bento)ahahahha.

Dificil arte que eu tinha com o celular. Ou diria, fobia. Quem me conhece sabe que eu jamais curti e aprendi a utilizar esse trequinhos, pior ainda os modernos agora. Fico parecendo um viajante do tempo que veio do século 15 e se assusta com essa invenção para quem tem força na língua. Porque tem gente que fica horas com esse treco na orelha.
Bem, sei que andei surpreendendo tanta gente. Primeiro foi a minha mãe que levou um susto em me ver com o Celular falando e falando com a Eninha. Se bem que agora to curtindo essa onda de ficar tagarelando no celular...É bommmmm. Ahahahah.

Mas também venho avisar que esse plano de INFINITY PRÉ da TIM é uma farsa. E como tem gente iludida com isso. Porque eu tenho o plano ativado, e achando que já tinha finalizado e precisava renovar. Mas não é bem assim. Me ensinaram direitinho o lance de como fazer ligação pra outro estado usando o código e tal. Só que essa grande ilusão de 0,25 centavos, não existe. Pode servir para TIM-TIM local, mas para outros estados é conto da carochinha.
Bem, voltando ao lance de Diego antes e pós fobia de celular. Agora eu tenho todo cuidado do mundo pra não perder o bichinho. Só preciso saber agora como utilizar os dois chips no aparelho. Porque quando ligam pro meu “OI”, e pro TIM ao mesmo tempo, nem sei qual atendi ou estou falando. Agora, amigo pra ensinar bobagem feia tem pra kramba. O Sérgio disse que vai me ensinar como falar com duas ou mais pessoas ao mesmo tempo e não deixar de ser galanteador. Tipo, falar com a namorada matriz em uma ligação, e ao mesmo tempo com a namorada filial na outra. E o detalhe importante é nunca usar um modo carinhoso diferente de uma para outra, sempre ser o mesmo. Chamar fulana e ciclana de “paixão”, “doçura” etc. ahahahha.  Do jeito que eu sou, eu vou me entregar na primeira oportunidade. Pois é, está vendo como pra ensinar coisa feia nesse mundo não falta professor. Ahahahah

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments