18 de fev de 2010

Provando na pele toda a riqueza das emoções

Essa postagem eu dedico a uma mulher que encanta a todos suas lindas e intensas poesias. Ela se chama “VALÉRIA BRAZ”.
Pensei em algo a altura dessa encantadora amiga, Daí meu coração avisou que essa letra além de ser um belissimo poema, ela nos passa a idéia exata de harmonia entre poesia e música. Nada melhor que um poema musicado na voz desse cantor, que eu tenho a certeza que ela curte.




“O amor é um grande laço/ o passo pr’uma armadilha/ um lobo correndo em círculo pra alimentar a matilha/comparo sua chegada com a fuga de uma ilha/ tanto engorda quanto mata feito desgosto de filha…”

Somos pessoas compartilhamos sonhos, desejos, vontades, segredos, entre diversas coisas. Mesmo com toda essa união de emoções, ficará sempre a sensação de estar faltando um pedaço.

“O amor é como um raio galopando em desafio/ abre fendas, cobre vales, revolta as águas do rio/ Quem tentar seguir seu rastro se perderá no caminho/ na pureza de um limão ou na solidão do espinho…”

Quando nascemos somos únicos. E todos nossos primeiros sinais vitais são experiências tão solitárias. Só nos completamos como humanos, quando conhecemos os outros. E mesmo assim acabamos nos sentindo sós uma boa parte da nossa vida. E a certeza que eu tenho, que o egoísmo nunca deixará a solidão ir embora. E assim,só conseguiremos sobreviver nesse mundo que anda frio, quando compartilhamos nossa solidão com os outros.

“O amor e a agonia cerraram fogo no espaço/ brigando horas a fio/ o cio vence o cansaço/ e o coração de quem ama fica faltando um pedaço/ que nem a lua minguando/ que nem o eu nos seus braços…”

Vamos compartilhar solidões e a cumplicidade sem invadir a individualidade do outro. É semeando a tolerância a primeira qualidade do amor. Querendo ou não, precisamos de nossa solidão, precisamos do outro para nos completarmos. Sol e lua compartilhando o mesmo dia, cada um na sua solidão, no seu tempo.

P.S: Sendo sempre mais que um menino. Sempre provei na pele e na alma toda a riqueza de emoções que só quem está amando pode sentir. Às vezes sendo doce, e outras um tanto acre, agridoce ou não, eis o sabor do amor.





9 comentários:

Fernandez disse...

Muito bonito amigo Diego.
A querida Valéria com certeza vai gostar. Bela homenagem.
Forte abraço, Fernandez.

LISON disse...

Saudações!
Que Post Fantástico!
Amigo DIEGO, parabenizo-o pela nobre iniciativa em homenagear a nossa querida amiga, Valéria Braz. Um vídeo escolhido a dedo com uma narrativa impecável sobre o amor.
Parabéns a nossa estima VALÉRIA BRÁZ!
Linda homenagem!
Parabéns pelo lindo Post!
Abraços,
LISON.

Valéria Braz disse...

Diego.... eu amei seu post....sou louca por Djavam e esta música para mim é um hino dedicado ao amor! Acertou em cheio!
Passei tanto tempo da minha vida sendo a mulher racional, a responsável por um equipe enorme, com responsabilidades intensas e metas a cumprir. Essa era a minha vida, todo este lado sentimento, amor, ficou quietinho lá nos meus 21 anos quando perdi alguém importante.
Hoje, ao receber tão linda homenagem, te digo, embora tenha responsabilidades e lide com as pessoas em seu lado bom e ruim, estou amando resgatar o meu lado sensível, minha poesia, meu lado menos racional.... e tenho encontrado em amigos como você a força de ser novamente uma menina que sonha, que ama, e que quer falar pra todo mundo sobre a beleza de ser feliz, apesar dos percalços, dúvidas, incertezas...
"Retomo meu sonho
Como se o sonho do poeta
Fosse o resgate da vida
Dou minha alma
Com a nobreza da verdade
Das palavras"
Obrigado meu amigo querido, suas palavras são muito lindas e sei que seu sentimento também.
Beijo enorme no coração

arte-e-manhas-arte disse...

Muito lindo o teu artigo, Diego. Parabéns!

Uma bela música para uma excelente poetisa.

Beijos
Luísa

Serenissima disse...

UUm poeta que canta, para homenagear uma poetisa que encanta.
Dieguito como sempre, usando a sensibilidade para acertar nas escolhas.
Perfeito!

Abraço carinhoso

Leila disse...

Oi Diego,

Muito bonita esta homenagem a uma pessoa tão especial que é a Valéria. Acho que ela conquistou um cantinho em cada um dos nossos corações. Ela chegou devagarzinho e simplesmente ficou.

bjs

Francisco Castro disse...

Olá, Diego!

Belíssima canção e maravilhosa homenagem.

Abraços

Francisco Castro

Sissym disse...

Diego, eu reparei nas poesias dela a sensibilidade tocante. Bela homenagem a esta delicada e excelente companhia no dihitt.

Beijos

oticas sp disse...

Lindo post ! eu simplesmente AMO Djavan ! as músicas são lindas, toca fundo no coração. Adoro 'Oceano' deles ! =)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments