6 de dez de 2009

Esta noite ouvi falar de você.



Esta noite ouvi falar de você. Como se eu não tivesse acordado dos sonhos que tive madrugadas atrás.
Disseram-me que ainda há uma esperança de um novo tempo para o amor. O amor que nunca morre, mas se manteve escondido durante todo esse tempo.
Aí me lembrei daquele sentimento que eu guardei (por covardia talvez), até que eu pudesse me reerguer sem que tivesse dor. Mas a dor é apenas um vestígio.
Então, assim que fiquei só, me encontrei com certas coisas do passado que havia guardado para não chorar mais. Mas as lágrimas, mesmo aquelas que doem não deixam cicatrizes externas ...
Mexi em tudo com cuidado e percebi que não haviam mais sofrimentos, porém tudo estava vivo, como se aquelas coisas tivessem sido dadas à mim ontem. Porque “os ontens” sempre se tornaram hoje e muitas vezes precisei fugir até o amanhã para conseguir dormir.
Senti os fatos voltarem rapidamente e então de novo, lágrimas subiram à tona me dando um sentimento de culpa, medo e perda. Você. ...
Hesitei em telefonar prá dizer o quanto eu queria estar te abraçando, sentir você como se sente a luz da lua quando se está dentro de um Vale de Árvores. Poder ver as cores verdadeiras brilhando dentro de você!
Preferi escrever porque as palavras se sufocaram em meio a soluços de saudade, silêncio e distância. E talvez isto tenha sido “bom” para nós.
Naquela manhã em que você foi embora sem se despedir, senti que uma grande parte de mim foi com você, para bem longe. Onde nunca tive esperança de poder chegar.
Foi como se eu tivesse perdido uma coisa tão valiosa e que eu daria de tudo para não perder. E já que perdi, queria de volta...

7 comentários:

LL disse...

É Mr.Jones,
Quando alguém se vai embora sem se despedir, sabemos que é para não voltar. Mas mesmo sabendo isso, as saudades e o desejo de estar perto do outro é inevitável. E isso pode tornar-se muito doloroso e até doentio.

Beijos
Luísa

Larissa Bohnenberger disse...

Lindo texto.
É sempre difícil superar uma perda, mas com o tempo a saudade se torna uma doce lembrança dos momentos bons passaram juntos.
Bjs!

Renata Fagundes disse...

Certos sentimentos do passado "que não passou"
não precisam ser remexidos para virem a tona.

Mesmo quando queremos exosciza-los, acabam voltando com uma fúria ainda maior.

Grande texto Mr. Jones

Beijo enorme

Rosana Madjarof disse...

Diego,

Qualquer que seja a situação e o motivo da separação, sempre nos causa dor e sofrimento. Mas tudo passa nesta vida, mesmo que nosso coração sangre, um dia ele também vai parar de sangrar, e vai se abrir para um novo amor.

Lindo Texto!

Bjs.

Rosana.

O bEM viVER disse...

Diego,

Estou vivendo algo quase parecido. Já sinto uma dor profunda, só de pensar na perda, que não sei se conseguirei evitar.

O texto foi ao meu coração.

Lena

eu disse...

linda cronica goatei, a paz!

Geraldo disse...

Olá Diego,

A dor, assim como as cicatrizes com o tempo se resolvem..

Abraço

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments