25 de mar de 2010

Tentando descobrir as interrogações ao longo da jornada.


Essas noites tenho andado pelas ruas ouvindo minhas músicas preferidas, dirigindo sem destino, observando detalhes da noite.  Longe de ser pela beleza noturna, porque essa eu já conheço de outrora, é por estranhamento mesmo. As vezes paro o carro, quero sentir o vento bate em meu corpo, inutilmente tentando me desviar de coisa pior. Sei o que tenho procurado.  Sem ela fico quase sem alma. Sem mim. Talvez eu volte a curtir a beleza da noite como antes, um pouco menos confuso, muito mais esclarecido. Não sei quando, mas desejaria que fosse agora. Numa dessas, isso tudo é medo de encontrá-la dentro de mim, mais do que eu mesmo. “...Nunca procure saber por quem os sinos dobram, eles dobram por ti” by John Donne)

 
"- Sabe a garota do copo d’água?
- Sei.
- Se parece distante talvez seja porque está pensando em alguém.
- Em alguém do quadro?
- Não. Um garoto com quem cruzou em algum lugar e sentiu que eram parecidos.
- Em outros termos: prefere imaginar uma relação com alguém ausente a criar laços com os que estão presentes.
- Ao contrário. Talvez tente arrumar a bagunça da vida dos outros.
- E ela? E a bagunça na vida dela? Quem vai pôr ordem?

Trecho do filme Le Fabuleux destin d’Amélie Poulain
Quadro “Almoço dos remadores”, de Renoir, 1881"

P.S: Bem, eu continuo em pé firme e forte, tentando descobrir as interrogações ao longo da jornada. Sei que não é fácil, exige muito de mim. De vez em quando aperta meu coração, admito a falta que ela me faz. Mas não vou desistir. As feridas sempre existirão, de tanto perambular para arrumar saída para as condições. Um dia arrumei e saí, mas as feridas ainda não cicatrizaram. Tenho marcas remanescentes. O fato é que realmente estou apaixonado e amando.  Sigo em frente, ignorando o que eu sei que pode me fazer mal.

11 comentários:

Principe Encantado disse...

todas as interrogações o tempo desvendará, quando procuramos desvendá-las ficam mais distantes do nosso entendimento.
Abraços forte

WANDER.CHEF disse...

TALVEZ A DOR DA SAUDADE, DA PERDA E DA SOLIDÃO, SEJA UM PREÇO CARO DEMAIS PARA SE PAGAR POR AMAR ALGUÉM.
QUANDO JOVEM TINHA A CERTEZA ,QUE ESTAVA PREPARADO PARA PAGAR ESTE PREÇO... MAS DOEU MUITO, E HOJE... DECIDI TER APENAS ALGUÉM QUE ME RESPEITA, E QUE ME FAZ BEM ESTAR AO LADO.. ABDIQUEI PARA SEMPRE DO DIFÍCIL DIREITO DE ME APAIXONAR E DE ME ARRISCAR.
PARABÉNS, E BOA SORTE!!!!!!!!!!
FELICIDADES,PAZ E SUCESSO!!!!!!!

disse...

Quando a gente pensa que sabe quase todas as respostas... Vem a vida e muda quase todas as perguntas...

bj

Geraldo disse...

Olá Diego,

Quando o vento leva seu perfume, seu cheiro para longe, perdemos nossas referencias e nossa direção.

Dai saimos de volta, para ver se o vento nos devolve nosso amor...

Abraço

Professora Ismaelita disse...

amado amei seu relato, tu es apaixonante .E onde esta mulher que te deixa assim tão só?
Segura ela meu, bjo a paz

Fernandez disse...

Grande amigo Diego!
As dúvidas sempre nos cercam, porém o tempo é um grande professor. Hora ou outra a solução surge na nossa frente quando menos esperamos, mas temos que estar sempre de olhos abertos para quando ela surgir.
Grande abraço, Fernandez.

Valéria Braz disse...

Dieguito meu querido ... as interrogações quando surgem assim tão acentuadas, são o prelúdio de descobertas singelas...
Continue com suas interrogações e deixa a vida te dar as respostas no tempo certo!
Seu coração ainda carrega o peso do amor que poderia ter sido...quando ele se deixar seduzir pela leveza do que é... você vai encontrar uma calma infinita... e as descobertas deste momento, espero que possa compartilhar, porque serão lindas!
Beijo no coração

arte-e-manhas-arte disse...

Olá Diego,

A vida é uma dúvida. Ou são as dúvidas que são vida?

Seja como for o vento não trás nada de volta, ele é sempre diferente. O que sopra agora é diferente de todos os outros que sopraram alguma vez. Apenas temos de estar atentos à sua voz.

Luísa

Crista disse...

Tomara que venha logo o tempo de exclamações!!!!
Beijo a palma da tua mão....mas não confia muito...eu sou capaz de morder....huaschuaschuasch....

Vanda disse...

Olá!
Vim aqui te trazer uma novidade, toda sexta-feira publicarei em meu blog links
com postagens especiais dos amigos blogueiros, assim como você!
É uma ótima maneira de divulgar o seu blog! O que acha?
Então... Envie seu link que eu publico!

Abraço
Vanda - Planeta da Blogueira

Envie seu link aqui

Rosana Madjarof disse...

Dieguito,

Nossa vida é marcada pelos pontos de interrogação, e são muitos pontos que encontramos ao longo da nossa jornada...

As cicatrizes? Não se preocupe, pois toda e qualquer cicatriz se transforma em um simples sinal, sinal este que guardaremos para sempre, mas que com o decorrer do tempo, não causarão mais ores, somente saudade de um tempo vivido e que já passou.

Bjs.

Ro.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments