10 de dez de 2009

Naufrágio de estrelas



Mas restam muito mais, navios colossais que nunca deixaram o cais, naufrágio de estrelas no céu, uma razão cega pra viver...
Até onde palavras são só palavras??? Estou em um mundo arcaico de vastas emoções e pensamentos imperfeitos.


A vontade continua faltando, fica difícil viver sem esperança (ou vontade)... Às vezes quase nada faz sentido, 
Tive tudo em minhas mãos, um abraço às vezes é tudo o que se quer.......

Como vou viver assim. Se o que me ampara na tempestade é aquele sorriso e olhos que me dizem tanto.


É que o pior não é viver sem. O pior é viver aparentemente com, mas ainda assim sem. Algo tipo oásis de felicidade, algo tipo esperança que será a última a morrer, e me deixará aqui, vagando pela terra feito um nômade errante. 

P.S.: Tá, já sei... o blog inteiro é pra ela...

3 comentários:

LL disse...

Pois é, amigo. Temos momentos de incertezas. Ou falsas certezas.

Beijos
Luísa

joana disse...

...As incertezas,um dia serão certezas...se tivermos persistencia e vontade de chegar lá...
beijnhos
joana

Ebrael Shaddai disse...

É o que eu iria dizer: o blog e um pouco mais é todo pra ela...tá, tá...kkkkkkkkkkkk...A ilusão de que se vive com é demais...mas tbm é ruim qdo se tem e se acha q se vive sem. Aí deve vir aquela postura de vitima de tds os seres humanos.

- Ah, mas por que eu, Meu Deus??

kkkkkkkkkkk

Abs!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments