14 de jul de 2009

Yo no soy marinero, soy capitan.O Reino com LA BAMBA

Vamos recordar agora o ano de (1987)

Quem aí se lembra do filme La Bamba? Aquele que conta a história e trajetória de sucesso do músico Ritchie Valens que, dentre outras, gravou, de mesmo nome, La Bamba.A história é triste pra caramba, e foi a primeira vez que chorei vendo um filme (a segunda foi em Meu Primeiro Amor ahahahha).

Mas foi muita injustiça viu? o mocinho era pobre pacas, ralou tanto e foi atrás do sonho de ser cantor, enfrentou o preconceito por ser chicano (*), por ter 17 anos, se apaixona por uma garota americana(Donna), encarando a proibição dos pais dela e vai vencendo as barreiras uma a uma. Quando finalmente atinge o sucesso (com La Bamba) e vem o dinheiro, sucesso e etc, o que acontece? Acidente de avião. Putz, vai ser triste assim lá longe. E a data da morte de Richard Valens (03/02/1959) ficou conhecida como O DIA EM QUE A MÚSICA MORREU. Estavam no avião outros dois músicos importantes, Buddy Holly e J.P.Richardson.

Alem de LA BAMBA tocou também, até a exaustão o tema romântico do filme DONNA e Come On, Let's Go.

(*) Chicano é uma forma depreciativa dos americanos se referirem aos mexicanos em geral.

A parte final do vídeo, a música é dedicada a você minha amada.

"Bem querida,

Agora que você se foi,

Não sei o que farei,

Nosso amor se foi,

Mas meu amor a você dedicarei.

Eu tinha uma garota,

E Donna era seu nome,

Desde que me deixou, nunca mais fui o mesmo,

Minha garota sempre vou amar,

Donna, onde você está?

Onde pode estar?

Oh Donna! Oh Donna!


7 comentários:

Crista disse...

Homem...e tu és mais que sentimental!!!!!!!!
Legal...como são boas lembranças,não é?Mesmo as tristes!!!!
Vou te pedir um favor:Será que tu poderias me ensinar como se posta vídeos em blog????
É que ainda sou virgem.....em matéria de computa...rsrsrsrs...me ensina,por favor????
Juro que digo que tu fostes o primeiro.....a me ensinar a ser gente em matéria de postar...
OBRIGADA por me ler e me tolerar...se não der...continuo a te gostar!
Bezitos....

planetadablogueira disse...

Eu assisti o filme umas 30 vezes... adoro La bamba!! As músicas são emocionantes, nos levam pra uma esfera romântica!! Eu ainda sinto muito a morte de um cara assim =//

David Eme disse...

Pois é, Mister Jones, nesses poucos dias em que estamos "trocando algumas figurinhas" (essa é velha, heim!), percebi que você é muito romântico. Curti muito o filme em questão e não cheguei a chorar, mas que deu nó na garganta, ah, deu! Realmente, é de cortar o coração o que aconteceu com o Ritchie. O garoto prometia muito. Descobri, em leituras sobre o Rock'n'Roll que os produtores de Elvis Presley ( o maior de todos) estavam preocupados com a evolução do Chicano Valens, pois este estava "roubando" público e atenção do King of the Rock. Veja você! Eu, pessoalmente, aredito que mesmo que o Ritchie continuasse - ele merecia! - não iria afetar a carreira de Elvis. O que você acha?

Wanderley Elian Lima disse...

Meu amigo, recordar é viver, esta música fez parte da minha juventude. Adorei.
Abração

Janio ferreira disse...

Quando o cantor morreu, no filme, havia um solo di guitarra, aquele canção é muito marcante, também para mim.

É interessante como o jovem Ritchie conviveu com os criadores do Rock: como Jerry lews e outros que você citou.

ABÇs

linklandia disse...

Tanto a história de Ritchie Valens quanto o filme (La Bamba) são incríveis e seu texto é fantástico, parabéns!

Tico Esteves
http://www.linklandia.com

joselito disse...

É legal, vi o filme, não cheguei a chorar, mas, a Donna era até gostosinha.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments