23 de jun de 2009

O tempo tem as respostas...

Extreme - More Than WordsROX


A intensidade tem muitos pontos de vista e todos estão certos. A diferença está numa frase de Saint-Exupéry: O único ser humano que não parece ridículo é aquele que se ocupa também de outras coisas que não seja ele próprio.

Existem muitas formas de parecer estar ocupado de outras coisas que não de si mesmo, embora no cerne de tudo, está-se mesmo é realizando algo em prol de um egoísmo latente.
Tudo que fazemos tem implicações e palavras podem machucar mais do que qualquer atitude violenta. Isso serve para aquelas pessoas que costumam pisar no coração alheio. Ja diziam os antigos que :"Coração do homem, é terra que ninguém pisa." Desculpas são sempre usadas, mas o melhor mesmo é evitar as atitudes que nos levem a ter que usá-las. As vezes por amor, engolimos inumeras palavras violentas, e até por cegueira deixamos que pisem em nosso coração.

Isso nos arremete a outra frase de Saint-Exupéry: Somos responsáveis por aqueles que cativamos.

Eis a pergunta desconcertante: Não cativamos o tempo todo? Essa é a vida. Precisamos tomar cuidado com o que falamos, o que pedimos, o que afirmamos, principalmente se não teremos como "assinar embaixo" no final. É isso que causa culpa, dor e sofrimento. E não vai adiantar o arrependimento "amanhã". Mas somos livres para fazermos o que quisermos... Mesmo os tropeços da vida nos ensinam e muito. Eu também tive os meus, por que não? Estou sempre atento. Por isso recomendo tanto o livro O Pequeno Príncipe, de Saint Exupéry... É um belo manual de como se tornar um bom ser humano. Os superficiais dirão que não passa de um livro infantil e pura fantasia, mas para quem tem olhos para ver, sabe que meia palavra basta para o bom entendedor.

Sim, a vida é para se viver, viver de verdade. Mas isso é impossível, sem se conhecer e se aperfeiçoar. É tempo desperdiçado... E boas e más conforme o que plantamos, serão nossas colheitas... O Tempo tem as respostas.

Obs: E ainda existem pessoas que leram o livro, e até releram e ainda não aprendeu o sentido e a lição que o livro mostra.

6 comentários:

Leandro Zayd disse...

Gostei da filosofia: o conhecimento permite se viver mais intensamente.
Mas, se o tempo tem a resposta, quem teria as perguntas :P

exoticlic.com disse...

é cara com palavras não se brincam uma porrada cicatriza deixa a cara roxa por uns dias mas quando atinge o emocional aí é foda é só o tempo e um puta esforço proprio pra tentar apagar tudo.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

A Namoradeira disse...

É importante pensarmos bem no que falar, como agir, infelizmente é difícil o meio-termo, se nos omitimos demais somos infelizes, se falarmos tudo os outros serão.

Mas caso algo cause a culpa, acredito que seja importante perdoar a si mesmo, sempre não importa a culpa. E o erro fica mais fácil de ser reparado.

somnia disse...

Lindo post Mr. Jones!

Concordo totalmente: a culpa vem de nao ter sabido cativar ou de nao ter mantido a afeicao primeira...

tanto quanto o "pequeno principe" adoro o "Fernao Capelo Gaivota"... sao livros que parecem simples e para o publico infantil, mas estao cheios de sabedoria.
Vc conhece esse outro?

bjs

Ana Lucia Nicolau disse...

é extamente isso...a vida é pra ser vidada como ela é, aproveitandio, aprimorando, sendo feliz

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments