20 de fev de 2009

TOWANDA!


Assisti o filme "Tomates Verdes Fritos” exatas 10 vezes. (e se alguém acha um absurdo assistir a um filme 10 vezes, a média neste caso foi quase 1 vez por ano, o que, convenhamos, não é nenhuma anormalidade, eu acho :s). vale apena assistir, e claro que se não é do seu gosto, aí quem não sabe o que está perdendo é você. Filme maravilhoso dirigido por Jon Avnet, não é um diretor muito conhecido e também não fez muitos filmes, mas ja ganhou todo meu respeito por causa de Tomates Verdes Fritos.
Em eu era mais jovem. Ainda estava na fase de descobertas e muita liberdade misto com sonhos. Já havia descoberto algumas coisas da vida. Não sabia exatamente o que poderia ser o amor e nem imaginava que iria encontrar e saber do que o tal “amor” tinha me para me mostrar. Essas coisas, que os românticos gostam tanto. Mas já gostava de panela, como um guloso de nascença. Não dá para saber, ao certo, se Tomates Verdes Fritos prende pelo estômago ou pelo coração. Talvez pelos dois.Quando vi o filme pela primeira vez, chorei como um condenado a morte, àquela morte de não saber direito das coisas. De não conhecer a árvore do conhecimento do bem e do mal. Idgie e Ruth eram mais que grandes amigas. Descobriam segredos na cozinha. Tomates fala de amor, fala de preconceito e racismo, fala de esperança e de morte. Fala de amizade. Fala de acreditar na espera e sua recompensa.
Não dá para escolher o que é mais importante em Tomates. O mote, ou o arremate. O amor ou o café. O preconceito contra os negros, ou a receita que dá nome ao filme. O passado de Ninny ou o churrasco de Big George.
Não dá para escolher se o grande personagem de Tomates Verdes Fritos é a comida ou os sentimentos justamente porque, no filme, sentimentos e comida são exatamente a mesma coisa.
Tem um ditado que diz que "O que os olhos não vêem o coração não sente". Adulterando um pouco, diria que o que os olhos não vêem, a cabeça esquece. Foi assim que me senti enquanto assistia.Claro que, quando o filme acaba, bate a maior vontade de experimentar o tal tomate verde frito (o tal churrasco do tempero especial eu dispenso ahahhaha.)

Tomates Verdes Fritos(receita original do Whistle Stop Cafe):
Corte um tomate verde em rodelas e empane-as com farinha de milho fina, depois de temperá-las com sal e pimenta-do-reino. Frite fatias de bacon e aproveite a gordura despendida para fritar as fatias de tomate. Sirva quente.

Um comentário:

Profª Sandra Bose disse...

Eu assisti 2 vezes, mas jamais esquecerei do "churrasco" rsssss
Talvez por isso acabei virando vegetariana hahahahahahahaha ;)

Deixo aqui a sugestao para ti assistir ao filme Shirley Valentine, se ainda nao tiver assistido. Eh filme para "mulher" e homens romanticos e que entendem a alma feminina como vc.

:)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments