4 de dez de 2010

A vida se repete na estação

Vamos lá para o desfecho sobre as gatinhas. (post anterior).
Nunca pensei que mulheres fossem tão complicadas. O dia ontem foi repleto de emoções. Depois de ouvir um sermão enorme da namorada (Eninha), que não curte gatos, e contou a filosofia dela a respeito deles e tals. (Mô, ainda bem que você não mora no Egito, porque lá Os gatos, tinham um grande significado, eram idolatrados como entidades).
Lembrei que tem uma senhora nativa da cidade que adora gatos, na casa dela deve ter bem uns 100 bixanos por lá. Coloquei as gatinhas de volta na caixa e levei para casa da Dona Catarina (que muitos aqui a chamam de bruxa), e ainda levei uma saca de ração para os felinos.
Horas depois, chegam as meninas. Quando a caçula não viu a gatinha branca, abriu o bocão. Nem queiram saber como foi o berreiro. Mas tratei de informar a namorada e falei:

- Está ouvindo né? Resolva!
- Tadinha! Fala com ela, explica.
- Tudo eu! Sabia!

Tentei acalmar, falando que a gatinha podia passar alguma doença pra ela. Que ela poderia ter outros bichinhos. Um porquinho da índia, coelhinho, pintinhos. Pronto! Ela gostou da idéia dos pintinhos. “lembrei que também tive um pintinho pra criar, mas daí, fui fazer o bichinho nadar no vaso sanitário, e apertei a hidra, o pintinho foi embora) Falando nisso, não apenas ela, as 3, incluindo a Eninha. (ahahahaha) 

Depois que o berreiro passou, o silêncio tomou conta, eu e a namorada fomos conversar. Sobre crianças e animais de estimação. E nessa conversa já ate achamos um nome para o nosso filho. “João Henrique”. Depois de tentarmos combinar o Henrique com Pedro, Paulo e Jose, acabamos por optar pelo Joãozinho. Ahahahaha. (espero que o povo curioso não pense que minha namorada está grávida. Tirem o cavalinho da chuva. Primeiro queremos curtir muito um ao outro).
Lembrei de uma conversa que tive com as minhas meninas. Elas me perguntaram como foi o dia que cada uma delas nasceu. Tinha que contar como foi. 


Filha maior – Pai, como foi no dia que eu nasci?
- Foi lindo. Você nasceu a noite, daí como seu pai aqui nunca estava com celular, ou tinha perdido, eu estava chegando em casa quando um amigo me avisou que eu ia ser pai. Corri pra maternidade. Chegando lá, tive que esperar você nascer. Lembro uma música que estava ouvindo no momento que você nasceu...

“Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço, venha me apertar
Tô chegando”

E vieram me dizer “PARABÉNS, VOCÊ É PAPAI DE UMA MENINA”. E me levaram até onde você estava, em um berçário com outros bebezinhos. Quando cheguei no vidro que dava pra ver todos. Acenei pra enfermeira lá dentro. E fui ver se acertava quem era a minha menina. Fui procurando, olhando, e apontei pra uma menina bem cabeludinha. E a enfermeira fez sinal negativo com a cabeça. Ah, errei!. Depois outra tentativa, apontei e não era. Ah. Daí a enfermeira deu risadinha e apontou você. E pegou e trouxe perto do vidro. Eu olhei, e falei “Oi, sou seu pai! Bem vinda”.
Filha menor – E eu pai?
Filha, você teve pressa em nascer. Nasceu no dia dos Reis Magos, as 8 horas da manhã. E nem deu tempo pra ouvir musica nenhuma. Já vieram dizendo “PARABÉNS PAPAI, OUTRA MENINA”. Ahahaha. E fui lá ver. Pensei, agora eu acerto. Cheguei naquele mesmo lugar, lembra? Apontei, e a enfermeira fez sinal negativo. Num creio, errei? Daí ela apontou você. E quando chegou perto. “Oi garotinha, olha! Sou eu, seu pai”.

Filha maior – E quando for um menino? 


Hummm, Então, como sempre o pai vai ficar esperando na recepção, porque se eu entrar lá e ver o bebe nascendo, eu vou perder todo o lance, e desmaiar. (ahahaha). Daí vão chegar e dizer “PARABENS! ATÉ QUE ENFIM UM MENINO” (mas se for menina, será bem vinda também). Daí eu vou lá ver...E adivinha? O pai também vai errar., ahahaha. Enquanto isso, lá no bercinho, o bebezinho pensa “ESSE É O MEU PAI, AHAHAHAHAH, sabia que ele ia errar”. O pai vai ver ele pertinho e dizer “Oi garotão!? Sou seu pai” ahahaha

Sei que acabamos conversando ate de madrugada. Ah se aquela estufa tivesse ouvido e boca, contaria uma linda história. Ahahaha , não é mô?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments