30 de jun de 2010

A minha melhor conquista foi...



Qual foi a sua maior conquista nessa vida?
Você que se deparou com essa pergunta ainda devem está pensando com certeza em qual resposta seria mais adequada. E por quê? Foram tantas conquistas, não é isso?

Vamos voltar lá na época jurássica quando o homem descobriu o fogo. Aconteceu no período neolítico, cerca de 7 mil anos AC. Para eles foi uma das melhores descoberta, e sendo assim foi uma das melhores conquistas.

Não precisamos rebobinar muito a fita, porque iremos ver em 20 de julho de 1969, presenciávamos uma das cenas mais emocionantes proporcionadas pela ciência em todos os tempos. Em todo o mundo cerca de um bilhão de pessoas assistiram pela televisão ao pouso do módulo lunar da Apollo 11, batizado de "eagle", no solo de nosso satélite.

Os homens conquistaram grandes feitios nesse mundo. Desde o fogo até o universo. E as mulheres? Vamos ver algumas das maiores conquistas femininas.

Sabe quem é Nísia Floresta? Para entender melhor teria que saber da história do Rio Grande do Norte. No ano de 1832, ela defendeu uma posição social mais alta para as mulheres. Vocês mulheres não esqueçam jamais que uma nordestina foi considerada a primeira feminista brasileira e latino-americana.
Em 1857, elas ganham um dia só para elas (8 de março), apesar de que elas mereciam todos os dias do ano.

Em 1928, o Governador do Rio Grande do Norte, Juvenal Lamartine, consegue uma alteração da lei eleitoral dando o direito de voto às mulheres. Elas foram às ruas, mas seus votos foram anulados. No entanto, foi eleita a primeira prefeita da História do Brasil: Alzira Soriano de Souza, no município de Lages - RN. 
E finalmente no ano de 1932, Getúlio Vargas promulga o novo Código Eleitoral, garantindo finalmente o direito de voto às mulheres brasileiras.

Agora vou falar das minhas conquistas. Não sou pirata, mas já conquistei alguns mares de Norte a Sul. Não sou Santos Dumont, mas já pousei por inúmeros lugares. Meu coração não é ateu, tenho Deus como o principal autor das minhas conquistas.

Conquistei inúmeras namoradas. Meu primeiro beijo foi uma conquista na adolescência. Minha primeira transa foi uma conquista pros hormônios. Conquistei lugar na sociedade quando garanti minha vaga na faculdade. Como também em conseqüência disso a conquista profissional.

Conquistei amizades, que posso afirmar que juntando todos os tesouros do mundo. Não chegam aos pés dos meus amigos. Me referindo aos meus amigos de verdade. Alguns que já estão comigo nessa caminhada da vida há décadas. E os que vão surgindo a cada dia que passa.

Da conquista de ser comuns ao redescobrimento de serem famosos

E no diHITT, tive algumas surpresas. Porque encontrei artistas de verdade. Escritores que dão de dez a zero na Clarice Lispector, Flor Bela Espanca e Cecilia Meireles (Jackie, Leila, Maria Marçal, Sissym, Sônia, Lilian, Vera, Sandra Paula e Valéria Braz). Encontrei os verdadeiros Fernando Pessoa, Vinicius de Morais e Mario Quintana (Lison, Willian Junior, Vetho, Roniel, Erich, Antonio Regly e Drauzio). Tambem temos os seguidores de fé espiritual como (Rosana e Assis). Temos os que não nos deixam esquecer a palavra divina (Regina, Marivan, Priscila e Bruna Olly). Temos os jovens que estão escancarando palavras e reflexões (Michele, Carolbio, Clarice, Bridgit, Marina, Jucidiar e a Bia). Temos o Roberto (bom de gol) que nos deixa atualizados com o esporte. Tem os preocupados com a nossa saúde (Marcia Parente, Dr.Wilson, Francisco das massagens e Victinho) E não esquecendo os nossos mestres “professores” (Isma e Xênia). Os que sabem nos mostrar o profissionalismo de sucesso (Mari Costa, Sergio, Marcos e Leticia). Vamos falar dos que animam e deixa o diHITT colorido (Rose, Jotabe, Fernandez, e Eninha). Tem um que mostra realmente que não nega a suas raízes (Geraldo). E os que nos deixam bem a par das noticias como o Francisco Castro. E muitos outros que receberam o dom da "palavra".

Mas até agora, uma das minhas maiores conquistas foi ser “pai”. Sabem o por quê? Todas as outras foram conquistas esperadas. E ao saber que ia ser pai, foi imprevista, inesperada e nada planejada. Foi um choque. Mas o prazer veio logo em seguida. 

Eu poderia relatar aqui todas as sensações que senti durante as conquistas da minha vida. Mas a de ser pai, eu não teria como definir. Não tenho como achar palavras e colocá-las aqui para vocês terem idéia de como é. Mas se for para mostrar em sentimentos, ações e reações, vem conviver comigo e minhas filhas. Você não vai ler, você vai ver como é.

Se eu ainda pretendo conquistar algo nessa vida? Lógico que sim. A primordial, fundamental e especial. É formar uma família completa. Quero casar com a mulher da minha vida. Querem saber como se chama essa conquista? Se chama “AMOR”.

P.S: A cada dia que passa, a humanidade garante mais uma conquista no espaço sideral filosoficamente falando. Mas a maior e melhor conquista desse mundo, ou melhor, do universo, é o amor, e poucos conseguem.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments