21 de mar de 2010

Simplesmente complicado (Padrinho por acaso)



A coisa vai ser mais ou menos parecida com as aventuras de Dick e Jane.
 Diego? Onde você esta?
- to na casa do Fred, o que houve?
- me dá as coordenadas, vou ta chegando aí, e entra no meu carro voando.
- eu serei seqüestrado, é isso? Ahahahha
Ela desliga, e 25 minutos a doida me encontra. Buzina e abre a porta do carro e me manda entrar rápido.
-E ae? Matou alguém e eu vou ajudar a ocultar o corpo?
– engraçadinho. É que minha amiga se casa daqui a pouco, eu sou a madrinha, e o padrinho tomou doril, e você será o padrinho e nem adianta fugir. E estamos atrasadíssimos. E nem vou perguntar se você topa, porque você já ta indo pra lá.
- Mas olha como eu to! Eu to esporte, e nada vê com casamento.
- Diêeeeeeeego, é um casório simples. Vamos passar agora ali para locar traje pra casamento.
Entramos na loja de aluguel de trajes as pressas. Ela nem escolheu o vestido, pegou e pronto. E eu olhando o manequim que nenhum ali serviria pra mim. La vem ela aos berros.
- Diêeeeeeeego, peguei o seu, vem logo.
Dae, ela me manda dirigir, passa para trás e começa a se trocar.
-De olho na direção mocinho, nada de olhar pra cá.
- ok sua maluca.
Paramos no sinal, e ela feito louca se trocando...Era pernas pra lá, pernas pra cá. E perna na minha cabeça.
- Aiiiiiii, pô...
- desculpa.
Paramos no outro sinal, ela me diz:
- tem uma coroa de boca aberta me olhando. Ahahaha
- Puts, é conhecida minha. Passa essa sua blusa , vou colocar na minha cabeça. E me dá esse seu oclinhos fashion com detalhes rosa.
- ahahahahha, depois a maluca aqui sou eu né?
Trocamos de lugar, e eu fui para trás me trocar.
-to vendo se vc ficar me espiando., não vale pô.
- ta bom gostosão.
Chegamos na capela, e a noiva quase surtando e nos mostraram por onde tínhamos que entrar. Eu pensei que ficaria sentado, mas os padrinhos da noiva ficariam no altar que é do lado dela. Dae a Anita me olha dos pés a cabeça e começa a rir. Quando fui ver..PUTS, as calças eram curtas. Eu olhei pra ela com aquela cara de vergonha. E ela rindo.
- Eu avisei que não tinha o meu manequim, mas você é teimosa.
- ah Diêgo, desencana, ninguém vai perceber.
Agora pensem no tipo das músicas. Sertanejo, vanerão. E o foguetório na saída dos noivos. Ahahahah.
Uma música que, apesar de não curtir o gênero (sertanejo), mas a letra até que achei bacaninha.

Delegada
João Neto e Frederico
Delegada será que sou motivo de investigação
Me segue pelas ruas vive de marcação
Assim não dá
Delegada quem procura acha saia já do meu pé
Juro que tentei te fazer minha mulher
Assim não dá.
Me persegue quando eu vou sair
Será que ela é do fbi
Na internet ela vive a fuçar
Desse jeito não da pra aguentar
Eu me rendo
Me entreguei
Mas para de ficar investigando
A minha vida
Meu bem brinca não
Chega dessa historia
De bancar a delegada da paixão.


- Diêgo?! Acorda?! Nem precisa me dizer que eu já sem em quem você ta pensando. Difícil mesmo. Essa mulher deve ter jogado é feitiço. Quer ligar do meu celular, eu coloco no privado, e você fala.
- num dá. Primeiro pq ela não atende confidencial. E depois não é certo ligar com o seu número. 
- Acredita se eu disser que ela esqueceu meu aniversário? E na ultima quinta-feira (dia 18) fizemos 2 anos que nos conhecemos. Eu mandei torpedos, liguei e ela nao respondeu. E se tinha alguma coisa dela que havia lembrado? NADA.
- Resta você resolver isso aí no seu coração meu amigo.
Voltando ao casório.
Agora o bom dessa loucura toda, foi a comilança, noooooooooossa, comi, mas comiiiiiii, e ela também. E ainda sai de lá com pratinhos cheio de salgadinhos, e pedação enorme de bolo que pedi (passando a maior lábia na mãe da noiva)
Mãe da noiva: como você é lindo e simpático, vai ganhar um pedaço enorme.
-Obaaaaaaa!

P.S: A vida é assim. Começamos um amor apostando tudo nele.  Anita me disse que o amor pode ser comparado a uma árvore, e nossas paixões são como galhos. Se cortam algum galho nosso, nós temos que nos preparar para outra paixão. Puxa, isso quer dizer que temos que pular de galho em galho? Deve ser como se encontrar diante de uma bifurcação em alguma estrada, algo do gênero. Parecendo complicado demais não é?
Muito fácil dizer para deixar um amor no passado e não olhar nunca mais para trás. Só que "nunca mais" é uma expressão tão forte para nós, simples mortais.
Não sei o dia de amanhã, não sei o que o próximo minuto pode me proporcionar. E também não sei mais o que engloba o termo "ideal", porque cada um tem uma opinião acerca de cada assunto. Impossível!

Assim vou vivendo, numa doce e eterna confusão. Hoje sou feliz, no galho que tive que escolher para continuar vivendo e amando . Mesmo que eu esteja certo que viverei e morrerei amando apenas uma pessoa. Enquanto isso a saudade bate forte pela vertical e me atinge com força no peito parecendo um impacto profundo. Porem, minha mente expande a novos horizontes a partir do momento em que acordo e vejo o Sol nascendo por aqui. Ela pode ser a minha vida, mas não é o meu nariz.

13 comentários:

Geraldo disse...

Olá Diego,

Esta história é digna de Mr. Jones,

Ri muito lendo toda ela...

Abraço

disse...

amei seu texto...nossa muito gostoso...leve...deu pra rir bastante imaginado as cenas!!

bjus

SolBarreto disse...

Muito boa a sua historia, me diverti a bessa, se todos os casamentos fossem assim rsrsrs nossa seria bem divertido, iria em todos...
Ate a musica e hilaria rsrsrs você sempre sai com coisas diferentes...
E agora falando serio...tambem acho "nunca mais" uma palavra forte e que estranhamente toda vez que a uso acabo voltando atras...entao evito disse la assim como o "sempre"

Fernandez disse...

Grande amigo Diego!
Excelente história... muito divertida. Adorei!
Quanto a ficar de galho em galho... acho que pode ser fato, até porque hora ou outra ficamos presos em um desses galhos. ;-) rsrs
Ótimo texto meu amigo.
Forte abraço, Fernandez.

Valéria Braz disse...

Meu querido amigo... você tá é do jeitinho que o diabo gosta.....kkkkkkkk... e nem vem dizer que não tá curtindo porque te mando caçar coquinho!!!!!! Só não tá é enxergando o que a vida tá te mostrando.... mas deixa estar, muito em breve seus olhos vão se abrir para um horizonte que você insiste em não ver!!!!!!
Continuo te dizendo, que os amores que temos, não morrem nunca em nosso peito.... amor de outras vidas existe, mas muitas vezes este amor não é pra ser vivido nesta, mas em outra.....Nesta talvez tenhamos que viver outros momentos, outas pessoas e saber ser feliz com estes novos amores....
Beijo no coração

Sissym disse...

Eu já fui madrinha por acaso, salvei o dia, mas nao foi nada confortavel.
Suas historias são sempre engraçadas, sua vida é um tanto atrapalhada, mas acho que se diverte assim!

Lilian disse...

Olá queridoa amigo Dieguito,

Achei o máximo esse texto. É hilário.
Só acontece coisas assim com você, não? Tudo na última hora. Mas fala aí, não é gostoso que tudo role assim, no ímpeto, sem programar nada? Tudo no corre corre?

Vai que nesse vai e vem, de galho em galho, aparece seu grande amor. A vida tem dessas coisas, é só esperar...
Enquanto isso, vai curtindo tudo que aparece.

Beijos, querido e fique com a paz de Deus.
Carinhoso e fraterno abraço,
Lilian

Lilian disse...

Olá querido amigo Dieguito,


Voltei para dizer que o seu blog está muito lindo e que você foi o primeiro a desejar a todos uma Feliz Páscoa.
Beijos, querido e uma Páscoa bem feliz para você também.
Carinhoso e fraterno abraço,
Lilian

blogdacomentarista disse...

Diego meu amigo, como está lindo este teu blog...

Agora, eu me considero uma pessoa bastante atrapalhada e sempre achei minha vida emocionante em função disso. Mas sei reconhecer quando encontro um concorrente à altura...rs.

Que maravilha de casamento. As fotos devem ter ficado sensacionais, principalmente aquela tradicional dos padrinhos com os noivos...rs.

E na festa tocaram até Vanerão? Me deu até saudade da minha terra.

Adorei, coloquei o riso em dia...

Nunca e sempre é tempo demais. A vida dá voltas e sabe direitinho onde tem que parar. Enquanto isso, a gente aproveita as oportunidades, as pequenas alegrias e tenta ser melhor um pouco a cada dia. No final descobre que tudo valeu a pena!

Bjs

Denize

* ƬℋคƬคℓyScคℓ * * Scaldelai * disse...

Muito bom,parece um filme de comédia!!!

Arrasou!

Fica com Deus.

Eninha disse...

"Diêeeeeeeego",
Isso é ficção ou foi na real ?! ehehe .
Seja lá como for já pode escrever um livro . Muito legal :)
Abs
Eninha

Hubner Braz disse...

Otimo texto Mr. Já aconteceu comigo também e inclussive a madrinha que ia entrar comigo desmaiou... imagine a cena, rsrsrsrs.

Abraços amigão, estou te seguindo!!!

oticas sp disse...

ah, eu gosto de sertanejo ! Ainda mais essas duplas/bandas/trios novos(as) que vão surgindo a cada dia no último ano ! Essa música por exemplo que é cantada pelo Fernando e Sorocaba e João Neto e Frederico é muito bonitinha =) rs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments