9 de nov de 2009

O seu olhar é uma das coisas mais lindas do mundo. Vence até a Inglaterra.



"Você entrou no trem
E eu na estação
Vendo um céu fugir
Também não dava mais
Para tentar
Lhe convencer
A não partir...


E agora, tudo bem
Você partiu
Para ver outras paisagens
E o meu coração embora
Finja fazer mil viagens
Fica batendo parado
Naquela estação...."

Você comigo e um mundo insuspeitado.
Os seus olhos são como duas sentinelas, dois ajudantes-de-campo postos de observação. Não é brincadeira, é sério. Ahahah
O olhar dela se faz às vezes de espião, e o sorriso dessa mulher é uma verdadeira cilada.
Me acham de tudo. Menos gay né? Ahahaha. Mesmo sendo meiokidoido, meiokidesastrado, algumas dizem que tarado também (o que se esperar de quem é faminto e insaciável para o sexo). Num é a toa que minha mãe até hoje quando entra no meu quarto (principalmente no dia anterior de uma noitada que passei fora) e ela vasculha minha caixa de preservativos (camisinhas),e depois na maior cara de pau, me pergunta: - Meu filho! Você não tem mais 18 anos. Como consegue usar 7 camisinhas numa noite só?
Eu nem respondo né? Fico com cara de “sem noção”. E jamais direi a minha mãe o porquê e como.

Eu sou assim, não sou conformista, não sou dois pesos e duas medidas, sou 8 e 80 sem o meio termo...E não sou como metade de uma taça, comigo é transbordando.
Eu quero sempre ser assim. Nem demais, nem de menos. Mas amar, eu amo sem medida.


Me apaixonei por aqueles olhos. Olhos que me olhavam e me pediam em silêncio: "Vai, leva, foge comigo do mundo. Me deixa mergulhar no nosso mundo, faça de mim sua vontade, me leva pra terra e pro céu, mas não me deixe sozinha aqui."

Um sonho que tive:

Sonhei que tinha comprado duas passagens de trem. E nós dois estavamos indo para algum lugar. Estava segurando a sua mão, e estavamos caminhando para o vagão que as setas indicavam que eram nossos numeros. Veio na nossa direção um montão de pessoas,e começaram a se esbarrar na gente. só me dei conta que larguei sua mão quando estava mais a frente. E comecei a te procurar. perguntava a todo mundo que eu encontrava e ninguem sabia dizer. Eu explicava como você é. E diziam que não tinha visto ninguem entrar com aquela aparência física. Quando olhei pela janela, você estava na outra estação, do lado contrário a minha. Eu havia entrado no trem errado. E a minha vontade fez que eu entendesse que estava com você, mas não estava. E o trem começou a se movimentar e eu gritando para que parassem. escuto a voz de um homem dizendo: Esse trem nao tem parada. E eu comecei a gritar seu nome, e o meu grito não saia. completamente mudo. E você estava lá na estaçao parada e olhando pro horizonte como se....Me esperasse.

3 comentários:

S. Levy Lima disse...

muito lindo.
parabéns Diego.
abçs

Principe Encantado disse...

Grande inspiração Diego, legal.
Abraços forte

Ebrael Shaddai disse...

Bahhhh...e a dupla?? kkkkkkk...tá cheio de mel tbm, ô canalha!! kkkkkkkk...depois fala de mim!!kkkkkkkkkk...uma estação de trem é palco de tudo q se pode imaginar: greve, acidente, sexo no banheiro, malas com dinheiro esquecidas, filmes com a Fernanda Montenegro e histórias como essa!!!

Melhor lugar não haveria do que esse, onde chega-se vai-se embora!!

Abçs!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments