12 de nov de 2009

O que a vida tem de melhor.



Eu sei que você vive caindo, tropeçando e escorregando. Mas me espere chegar aí. Eu preciso está perto para te segurar.
E o trio parada dura aqui, segue te esperando para brincarmos de trenzinho depois do jantar.
As estrelas no céu nos esperam para serem testemunhas daqueles contos e causos que adoramos ficar horas contando. Aquela barraca que vamos montar no meio da sala para a família acampar (já que você tem alergia aos mosquitos e num curte usar o mato como banheiro) ahahaha

Temos ainda tantos micos para pagar na rua. Derrubar produtos das prateleiras dos supermercados (bem, algumas vezes não nos seguramos e queremos nos beijar. E nem nos damos conta que estamos fazendo compras).
E ainda tem aquela vergonha pra passar comigo quando a gente for nas festinhas infantis.
E a nossa guerra de travesseiros antes de dormir.
E todas essas coisas óbvias e sem sentido me fazem pensar. Pode ser que sem saber eu andava por aí te esperando ou te procurando, já que eu tinha que estar fazendo alguma coisa E também pode ser pq você tenha me ensinado a amar milhares de coisas, entre elas meus domingos, minha vida e ouvir "I´ve Just Seen a Face" Se às vezes eu paro e fico te olhando, como se estivesse olhando para o infinito deve ser porque eu estou pedindo para o tempo parar e não me tirar nunca mais de perto de você.
E porque se um dia eu já estive longe (e foi muito muito ruim) eu não quero mais estar.... E pode ser que eu tenha acordado de um sonho, buscando o sonho em meus pensamentos, a música tocando "No me platiques mas" tentando dizer em um pedaço de papel que eu te amo.... e você... me ama?


Quero me esbarrar com você em livrarias, nas madrugadas, ou na esquina com o pacote de biscoito na mão e o olhar perdido na rua.
Perco o horário com o passado. Em vez de terminar o relatório. O relógio não volta para trás. Já devia ter aprendido isso. Sinto-me um homem das cavernas (É nessa parte que entra a consciência-macaco; Viva a sobrevivência!).



P.S: Estou com uma certa insanidade absurda, pensamentos em feira livre e uma tendência a enlouquecer fora do normal.Ainda bem que sou sagitariano.Daqui a pouco, passa. Enquanto isso me recolho novamente a minha caverna verdejante. Você visitando Marte, e eu com meu Ego na caverna.


10 comentários:

S. Levy Lima disse...

adorei. você escreve lindamente.

abçs

Leila Franca disse...

Nossa Diego, como vc é romântico! rs É isso aí, aproveite tudo que a vida tem a oferecer pois tudo passa muito rápido.

Luísa disse...

Amigo, estou muito feliz. Primeiro pelo teu texto, segundo, pelo teu texto. Percebeste? Não... Eu explico: primeiro porque gostei de ler o que escreveste, segundo porque ainda bem que a 'insanidade' te dá para escrever. Olha se te desse para te atirares de sítios altos?

Beijos
Luísa

Essência e Palavras disse...

Belíssimo!!! Adorei!

E quero sim..
*risos
Te encontrar na livraria!

Que delicia de texto!

Beeejo

joselito bortolotto disse...

Sempre a vida terá uma esquina, e numa delas alguém encontra quem estava esperando.

Cadeiras para Escritorio disse...

Linda Postagem!

Renata Fagundes disse...

Vc escreve e a gente viaja..não pra fora, mas pra dentro da gente...
Pq a verdade é q todos nós buscamos ou esperamos por alguém, mas vc tem coragem de confessar.

Falar q adorei e q o texto é lindo é chover no molhado...espero q as lanternas tenham pilhas, q os repelentes estejam dentro da validade e q sua insanidade perdure um pouco mais...rs

Grande bjo moço

Janilton disse...

Amigo você é um eterno apaixonado, confesso que faz tempo que não vejo um homem tão romântico. Seja lá quem for essa mulher que dedicas tanto carinho, é uma sortuda.

Parabéns!

Abraços!

Rosana Madjarof disse...

Muito lindo Dieguito.

Esse amor que transborda e extravasa seu ser é contagiante.

Amei!

Bjs.

Rosana.

LISON disse...

Saudações!
Amigo Diego,
Que Post Fantástico!
O importante é viver não importa de que maneira... Se guie pelas estrelas, pela intuição e aproveite o que a vida tem de melhor, sempre amando a todos!
Parabéns pelo excelente texto!
Abraços,
LISON.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Intense Debate Comments